Facebook Clínica Sul Mineira Instagram Clínica Sul Mineira
Clínica Sul Mineira Seg. a Sex. das 7h30 às 18h | Sábado das 8h às 12h       Endereço Clínica Sul Mineira Praça Doutor José Braz, 151 - Morro Chic | Itajubá - MG       Telefone Clínica Sul Mineira 35 3629-9700
 
Clínica Sul Mineira
 
 
 
Agende seu exame pelo Whatsapp 35 98817-2554
 
 

Notícias

 

Novembro Azul: como se prevenir contra o câncer de próstata

Com foco na prevenção e no diagnóstico precoce do câncer de próstata e, de forma mais ampla, na conscientização pelos cuidados com a saúde masculina, o Novembro Azul é um movimento que surgiu na Austrália em 2003 sob o nome de Movember — uma junção entre Mustache (bigode, em inglês) e November (novembro). Na época, a ideia da campanha era que os homens participantes deixassem o bigode crescer como forma de chamar a atenção para a causa. O mês de novembro foi escolhido em alusão ao Dia Mundial de Combate ao Câncer de Próstata, realizado no dia 17 de novembro.

Posteriormente, a campanha acabou se expandindo em relação aos temas contemplados e também aos países envolvidos. No Brasil, o Ministério da Saúde lançou páginas educativas como Câncer de próstata: causa, sintomas, tratamento e prevenção. Também envolvido com a causa, o Instituto Nacional de Câncer (INCA) divulgou a cartilha Câncer de próstata: vamos falar sobre isso?, com informações para que a população entenda mais a respeito da doença.

De acordo com o Ministério da Saúde, 70% dos homens brasileiros só vão ao médico por influência da família. E a falta de procura por médico e check-up anual aumenta as chances de detecção de doenças em estágio avançado, como o câncer de próstata, do qual 20% dos casos são diagnosticados tardiamente e 25% dos pacientes morrem em decorrência da doença, segundo a Sociedade Brasileira de Urologia (SBU). Em contrapartida, com a detecção precoce, as chances de cura chegam a 90%.

Abaixo, reproduzimos o conteúdo do Jornal "O Estado"  que traz dicas de  especialistas para abordar as principais dúvidas sobre o câncer de próstata:

O que é o câncer de próstata?

Segundo tipo de câncer mais comum entre homens no Brasil, o câncer de próstata está atrás apenas do câncer de pele não-melanoma, de acordo com dados do Instituto Nacional de Câncer. Devido a isso, a conscientização em relação a ele e a outras doenças de próstata deve ser redobrada.

O câncer de próstata é uma doença na qual as células cancerígenas se desenvolvem na próstata, — glândula masculina do tamanho de uma noz que, localizada ao redor da uretra, gera um fluido que faz parte do sêmen. O câncer na região ocorre quando as células do corpo, no caso, as da próstata, se dividem irregular e incontrolavelmente. Com isso, como as novas células não são necessárias, uma massa de tecido chamada neoplasia ou tumor é formada.

Alguns dos tumores de próstata podem crescer de forma rápida, espalhando-se para outros órgãos e podendo levar à morte. A maioria, no entanto, se desenvolve lentamente e leva cerca de 15 anos para atingir 1 cm³.

Como se prevenir contra o câncer de próstata?

Quando o assunto é prevenção, no melhor dos cenários, pode-se tratar da prevenção primária, que consiste nas boas práticas para que as pessoas não desenvolvam a doença. Em meio a isso, por mais que as causas do surgimento câncer de próstata sejam um tanto nebulosas, duas boas dicas são manter uma alimentação balanceada e praticar exercícios físicos, fatores que contribuem com a saúde de forma geral.

Já com a prevenção secundária, que é aquela não evita a doença, mas que auxilia no diagnóstico rápido para seu combate, as dicas são um pouco mais amplas. Segundo dados do Global Cancer Observatory, um em cada nove homens no mundo tem câncer de próstata, enquanto um em cada nove morre por ele — principalmente devido aos maus cuidados com a saúde e ao diagnóstico tardio da doença.

Cerca 90% dos homens com câncer não sabem que têm a doença até que chegue a um estágio avançado, o que aumenta os casos de morte. Em meio a isso, as principais recomendações são que, a partir dos 50 anos de idade, os homens passem pelos exames de toque retal e de sangue de antígeno prostático específico (PSA, na sigla em inglês) para detectar a presença de câncer de próstata. Esse acompanhamento deve começar ainda mais cedo se os pacientes são negros, e/ou se tiveram casos de câncer de próstata em parentes próximos, como pai ou irmãos.

É importante destacar que ainda que o teste de PSA seja útil para o diagnóstico, o câncer de próstata está presente em 15% dos homens com níveis normais do antígeno. Com isso, para se ter uma análise completa do caso, é importante o exame de toque retal e biópsia da próstata.

Em resumo, os seguintes fatores aumentam a probabilidade de desenvolver câncer de próstata e devem ser informados aos médicos:

Quais são os principais sintomas da doença?

Por crescer na parte externa da próstata, o tumor desse tipo de câncer praticamente não dá sintomas. Ainda assim, à medida que a doença avança, é possível identificar alguns sinais que podem indicar desde o câncer de próstata até a hiperplasia benigna da próstata (HBP) ou algum tipo infecção. Veja baixo:

A partir desses sintomas, os médicos podem realizar os seguintes testes:

Além de outros exames para obter mais informações sobre a causa dos sintomas:

Ainda sem as sensações específicas, pelo fato do câncer de próstata ser uma doença que, por vezes, não apresenta sintomas, o check-up masculino é imprescindível para prevenção. Ainda que 80% dos casos sejam, de fato, lentos, cerca de 15% a 20% das pessoas têm um câncer de próstata mais agressivo, que pode levar de 3 a 5 anos para chegar a um estágio avançado e aumenta a importância dos exames.

De que forma se dá o tratamento do câncer de próstata?

A partir do momento em que o câncer de próstata é encontrado, os primeiros testes são feitos para ver se o câncer se espalhou e, em caso afirmativo, para determinar a extensão dessa propagação. Por consequência, o tratamento depende do grau de disseminação da doença e depende da consulta de um médico oncologista. Em meio a isso, algumas das principais opções de tratamento são:

Além dessas opções, cada vez mais técnicas de robótica que visam reduzir as sequelas do paciente têm sido utilizadas. São vários tratamentos e cada vez mais modernos. Evidentemente, não existem tratamentos sem consequência, já que todos geram efeitos em menor ou maior grau, mas estamos caminhando para uma redução importante dos efeitos colaterais.

Outro ponto destacado é que, para máximo benefício dos pacientes, os tratamentos podem ser combinados em uma frente multidisciplinar, com cirurgia associada à radioterapia, ultrassom seguido de hormonoterapia, entre outras combinações. "É importante lembrar que o câncer do 'Seu João' não é o mesmo que o do 'Seu José'", conclui.

(Fonte: Conteúdo original https://www.terra.com.br/vida-e-estilo/saude/novembro-azul-2019-como-se-prevenir-contra-o-cancer-de-prostata,7397eca8645faf0c234623aafb7ea2e70bkm69hj.html)

 


Voltar
https://embedgooglemaps.com/it/
Stedentrippers NL
 
Endereço Clínica Sul Mineira Praça Doutor José Braz, 151
Morro Chic | Itajubá - MG
 
Endereço Clínica Sul Mineira Seg. a Sex. das 7h30 às 18h
Sábado das 8h às 12h
 
Telefone Clínica Sul Mineira 35 3629-9700
 
Receba informações em seu e-mail.
 

© 2019 Clínica SulMineira Tomossul - Todos os Direitos Reservados

Budai Creative Agência Digital